Crédito: arrendar às famílias que não podem pagar (Brasil)

07 de maio de 2012

Os bancos vão poder arrendar a casa às famílias que não conseguem pagar o empréstimo à habitação. A medida está a ser estudada pelo Governo em conjunto com um grupo de trabalho que começou a reunir esta segunda-feira.

A ideia é poder trocar o contrato de crédito por um contrato de arrendamento para evitar o despejo das famílias mais carenciadas, o Governo quer que os bancos arrendem a casa a quem não pode pagar o empréstimo por um valor mais baixo que a mensalidade.

Ao fim de um certo tempo, as famílias podem recuperar o imóvel e abater o valor das rendas já pagas. A medida deverá abranger apenas situações de desemprego e de finanças.

A banca está disposta a negociar, mas com condições.

Transformar o devedor em inquilino não é nova: o Governo de José Sócrates criou, em 2009, o fundo de investimento imobiliário para arrendamento, mas os números de adesão a este fundo nunca foram conhecidos.

Governo, Banco de Portugal e a Associação Portuguesa de Bancos estão a preparar um novo pacote legislativo em matéria de crédito à habitação, o grupo de trabalho começou a reunir esta segunda-feira.

Em cima da mesa, estão ainda a ser estudadas outras medidas: impedir o aumento de spreads aos desempregados e entregar a casa ao banco como forma de abater a dívida.

Os bancos alertam ainda para os danos colaterais que estas medidas podem ter sobre o setor imobiliário e a construção.

 

Fonte: TVI 24

Deixe uma resposta

*