Morador de ocupação é preso e leva choque durante despejo na Grande BH

16 de maio de 2014

Um morador de uma ocupação foi preso e levou eletrochoque em Betim, na Grande BH, durante reintegração de posse do terreno.

A mulher de Leonardo de Paula Alves alega que ele teria sido atacado sem motivo. Já a Guarda Municipal rebate que o morador foi detido porque não obedeceu a ordem de retirada do lote.

Imagens gravadas por um cinegrafista amador mostram o momento em que vários guardas formam um círculo em volta que Alves e é possível ouvir os choques.

De acordo com uma das moradoras da ocupação, a dona de casa Ana Maria, havia cerca de 100 pessoas no local desde o dia 1º de maio. Ela afirma que o grupo teria sido despejado ilegalmente.

— A princípio me falaram que [o imóvel] era do Fernandinho Beira-mar. Então nós ficamos e ninguém pertubou. Depois vieram dois assessores de um vereador, que eu não vou contar qual, disseram que realmente isso aqui é do Fernandinho. De repente falaram que tem um mandado do juiz para despejar a gente mas não chegaram com documento nenhum para provar.

Os desalojados garantiram que voltarão ao terreno.

Segundo a prefetura de Betim foram feitas cerca de 30 ocupações irregulares no local. O órgão recebeu uma denúncia de que parte desses moradores seriam proprietários de outros imóveis. Aqueles que não têm onde morar são direcionados para cadastro na Superintendência Municipal de Habitação.

 

Fonte: R7

Deixe uma resposta

*